VERSO 42

śamo damas tapaḥ śaucaṁ
kṣāntir ārjavam eva ca
jñānaṁ vijñānam āstikyaṁ
brahma-karma svabhāva-jam
Palavra por palavra: 
śamaḥ — tranqüilidade; damaḥ — autocontrole; tapaḥ — austeridade; śaucam — pureza; kṣāntiḥ — tolerância; ārjavam — honestidade; eva — decerto; ca — e; jñānam — conhecimento; vijñānam — sabedoria; āstikyam — religiosidade; brahma — de um brāhmaṇa; karma — dever; svabhāva-jam — nascido de sua própria natureza.
Tradução: 
Tranqüilidade, autocontrole, austeridade, pureza, tolerância, honestidade, conhecimento, sabedoria e religiosidade — são estas as qualidades naturais com as quais os brāhmaṇas agem.