VERSO 77

tac ca saṁsmṛtya saṁsmṛtya
rūpam aty-adbhutaṁ hareḥ
vismayo me mahān rājan
hṛṣyāmi ca punaḥ punaḥ
Palavra por palavra: 
tat — isso; ca — também; saṁsmṛtya — recordando; saṁsmṛtya — recordando; rūpam — forma; ati — muito; adbhutam — maravilhosa; hareḥ — do Senhor Kṛṣṇa; vismayaḥ — admiração; me — minha; mahān — grande; rājan — ó rei; hṛṣyāmi — estou desfrutando; ca — também; punaḥ punaḥ — repetidas vezes.
Tradução: 
Ó rei, ao lembrar a maravilhosa forma do Senhor Kṛṣṇa, sinto uma admiração cada vez maior e me regozijo repetidas vezes.
Significado: 

SIGNIFICADO Parece que Sañjaya também, pela graça de Vyāsa, pôde ver a forma universal que Kṛṣṇa manifestou a Arjuna. Afirma-se, é claro, que o Senhor Kṛṣṇa nunca havia manifestado essa forma antes. Ela foi mostrada somente a Arjuna, no entanto alguns devotos gloriosos também puderam ver a forma universal que Kṛṣṇa manifestou a Arjuna, e Vyāsa foi um deles. Ele é um dos grandes devotos do Senhor, e é considerado uma poderosa encarnação de Kṛṣṇa. Vyāsa revelou isto a seu discípulo Sañjaya, que ao lembrar daquela maravilhosa forma que Kṛṣṇa mostrara a Arjuna, desfrutava-a repetidas vezes.