VERSO 11

yad akṣaraṁ veda-vido vadanti
viśanti yad yatayo vīta-rāgāḥ
yad icchanto brahmacaryaṁ caranti
tat te padaṁ saṅgraheṇa pravakṣye
Palavra por palavra: 
yat — aquele que; akṣaram — a sílaba oṁ; veda-vidaḥ — pessoas versadas nos Vedas; vadanti — dizem; viśanti — entram; yat — em que; yatayaḥ — grandes sábios; vīta-rāgāḥ — na ordem de vida renunciada; yat — aquele que; icchantaḥ — desejando; brahmacaryam — celibato; caranti — praticam; tat — esta; te — a você; padam — situação; saṅgraheṇa — em resumo; pravakṣye — explicarei.
Tradução: 
As pessoas que são versadas nos Vedas, que pronunciam o oṁkāra e que são grandes sábios na ordem renunciada entram no Brahman. Desejando-se tal perfeição, deve-se praticar o celibato. Eu agora vou explicar-lhe sucintamente este processo através do qual pode-se obter a salvação.
Significado: 

SIGNIFICADO O Senhor Śrī Kṛṣṇa recomendou a Arjuna a prática de ṣaṭ-cakra-yoga, em que se coloca o ar vital entre as sobrancelhas. Como havia a possibilidade de que Arjuna não soubesse como praticar ṣaṭ-cakra-yoga, o Senhor explica o processo nos versos seguintes. O Senhor diz que o Brahman, embora único e inigualável, tem várias manifestações e aspectos. Especialmente para os impersonalistas, o akṣara, ou oṁkāra — a sílaba oṁ — é idêntico ao Brahman. Aqui, Kṛṣṇa explica o Brahman impessoal, no qual ingressam os sábios renunciados.

No sistema de conhecimento védico, os estudantes são, desde o começo, ensinados a vibrar o oṁ e aprendem sobre o Brahman impessoal último, vivendo com o mestre espiritual em celibato completo. Dessa maneira, eles compreendem dois aspectos do Brahman. Esta prática é essencial para que o estudante progrida na vida espiritual, mas hoje em dia esta vida de brahmacārī (celibatário não casado) não é absolutamente possível. A constituição social do mundo mudou tanto que não existe a possibilidade de se praticar celibato desde o início da vida de estudante. No mundo todo, há muitas instituições para diversos departamentos de conhecimento, mas não existe nenhuma instituição reconhecida em que os estudantes possam aprender os princípios de brahmacārī. Para quem não pratica celibato, o progresso na vida espiritual é muito difícil. Por isso, o Senhor Caitanya anunciou, conforme as escrituras prescrevem para esta era de Kali, que nesta era, nenhum processo de compreensão do Supremo é possível exceto o cantar dos santos nomes do Senhor Kṛṣṇa — Hare Kṛṣṇa, Hare Kṛṣṇa, Kṛṣṇa Kṛṣṇa, Hare Hare/ Hare Rāma, Hare Rāma, Rāma Rāma, Hare Hare.